Assuntos - Contents:

Quadros a Óleo - Oil on Canvas

 Aquarelas - Watercolors

  Dados Pessoais - Personal Information

Informações para Contato - Contact

Dados Biográficos - Biographic Information

Críticas - Reviews

Galerias - Galleries

Referências - References

:<garig@terra.com.br>
 

Baptista Gariglio Filho
Artista Plástico -  Fine Artist

Quadros a Óleo - Oil on Canvas

Clique na imagem para vê-la maior e com detalhes - Click on the image to see it bigger and with details
 

barrancas do pantanal Araxá - Lago do Barreiro interior de mata
Voltar ao Início Back to top
 


 

Aquarelas - Watercolors

Clique na imagem para vê-la maior e com detalhes - Click on the image to see it bigger and with details
 
 

Voltar ao Início Back to top
 


 Voltar ao Início back to top

       Dados Pessoais - Personal Information

Nome (Name): Baptista Gariglio Filho

Data de Nascimento (Birth Date): 12/10/61: 10-12-61

Local de Nascimento (Birth Place): Belo Horizonte - MG - Brasil

Escolaridade (School Level): Superior - Engenharia Elétrica (college-Electric Engineering)
 

  Voltar ao Início back to top

 

Informações para Contato - Contact

 Baptista Gariglio Filho: e-mail garig@terra.com.br - tel.: 55-0xx31- 9181-1732 - Belo Horizonte - MG - Brasil

:<garig@terra.com.br> 
 
 

 Voltar ao Início Back to top


   Dados Biográficos - Biographic Information

Click here to read it in English

O aprendizado de Gariglio teve início e se prolongou durante a década de 80, quando recebeu de seu tio Alberto Braga e de Edgar Walter os ensinamentos da pintura paisagística a óleo. Em 86/87 estudou desenho com o artista plástico Fernando Augusto. Ainda em 87, Gariglio assiste ao Curso de Desenho de Observação durante o Festival de Inverno em S. João Del Rei, ministrado pelo Prof. Carlos Alberto Fajardo, quando fica conhecendo a técnica de aquarela. No ano seguinte aprimora os seus conhecimentos nesta técnica com as aulas ministradas pela Prof. Maria Angélica (Pitti) da Escola Guignard, de Belo Horizonte. Preocupado sempre com a prática e o aperfeiçoamento do seu desenho, Baptista Gariglio Filho participa do Curso Livre de Figura Humana na Escola Guignard, em 1997, com a Prof. Solange Botelho.

Ganhador de diversos prêmios, entre os quais o primeiro lugar no Concurso de Ilustrações da CBTU, em 1992, menção honrosa e terceiro lugar nos Salões de Artes Plásticas do Clube dos Oficiais da Polícia Militar de Minas Gerais em 1983 e 1984, respectivamente, Gariglio é um assíduo participante de salões e exposições coletivas em Belo Horizonte, onde se destacam o Salão de Artes Plásticas da Aeronáutica em 1989 e a Exposição Coletiva Comemorativa aos 100 Anos de Belo Horizonte realizada pela Telemig em 1996. Mas, o maior reconhecimento de sua arte veio com as exposições individuais de aquarelas (1995), de óleos (1997) e de paisagens da Estrada Real (2007 - juntamente com Wagenr Bottaro), cujo sucesso o apontou como um dos mais importantes pintores mineiros de paisagens. Esta importância vem se consolidando, também, a nível internacional, com a sua participação na Mostra "Unidos na Arte - Brasil/Portugal" em Lisboa no ano de 2008, na Feira Internacional de Arte Artexpo em Nova York, na Exposiçao Art Meeting em Londres e na Exposição "Poésie Visuelle Dans Paris", estas em 2009.

 Voltar ao Início Back to top
BIOGRAPHIC INFORMATION

Baptista Gariglio Filho is a Brazilian artist, who was born in Belo Horizonte City (where he lives) in 1961. His art learning started, and continued, in the eighties, when he received from his uncle Alberto Braga and from the Great Master Edgar Walter the teachings of oil landscape painting. In 86/87 he studied drawing with the artist Fernando Augusto. Still in 87, Gariglio took the Observation Drawing Course during the Winter Festival of Arts administrated by Minas Gerais Federal University, in São João Del Rei City, taught by Carlos Alberto Fajardo, when he knows the watercolor technique. In the year after, he improved his knowledge in this technique with classes of the Teacher Maria Angélica, of Guignard School of Arts in Belo Horizonte City. Always concerned about the practicing and the improvement of his drawing, Gariglio participated of the Human Body Drawing Course at Guignard School of Arts, in 1997, taught by Solange Botelho.

Winner of various rewards, like the 1st Prize of the Illustrations Competition of the Brazilian Urban Trains Company, in 1992, Honors Mention and 3rd Prize in the Fine Arts Exhibition of The Police Officials Club of MG in 1983 e 1984, respectivement, the 3rd Prize of the Brazilian Army Paintings Competition in 2002 and the 1st Prize of The Belo Horizonte Subway 20 Years Logotype Competition in 2006. Gariglio is a frequent participant of shows and exhibitions in Belo Horizonte City and other cities, from which we can detach the Air Force Exhibition of Arts, in 1989, The Belo Horizonte Centenary Show of Arts, in 1996,  and Fine Arts Ribeirão Preto City Salon, in 2000 and 2002. But, the acknowledgment of his art came with his Individual Shows:  Watercolors (1995), Oil on Canvas (1997) and Royal Road Landscapes (2007). of which success approached him as one of the most important landscape painters of Minas Gerais. This importance has consolidated, also, in international terms, because his paticipation in the show "United in Arts - Brazil/Portugal", in Lisbon - 2008 , in the International Art Fair Artexpo, in N. York, in the Art Meeting Show in London and the "Poésie Visuelle Dans Paris" Show  in 2009.

Back to top

Críticas - Reviews
Click here to read it in English
Crítica Escrita por Edmar Araújo
Os quadros de Gariglio encenam um sentimento profundo para com a natureza e uma compreensão intuitiva da composição. Muitas vezes ele consegue unir estes dois elementos num só conjunto; é quando o motivo, com a maior naturalidade, se enquadra na composição, não deixando contudo de exprimir a idéia plástica.

Suas cores são de tonalidade comedida; são cores que se equilibram e adquirem expressão pelas formas em que são fundidas. As profundidades e as proximidades apresentam valores pictóricos que se compensam pelo calor e pela frieza, pela sobriedade e pela transparência.

Seu desenho é a expressão imediata do seu mundo: linhas breves e precisas, ora acentuadas e firmes, ora meigas e singelas, refletindo sua disposição do momento.

E é nestes momentos líricos intensos das aquarelas que se encontra a mais poderosa afirmação da arte de Gariglio.

Na sua predileção pelas paisagens, que passam do horizonte para o primeiro plano, o artista sintetizou e tratou com água toda a fragrância plástica de uma obra de arte definitiva.

Sua personalidade artística se manteve consciente de si mesma e fora dos modismos atuais, em paisagens sedutoras que sempre aportam. A cor adequada, um sentido da forma, um cuidado meticuloso na escolha do dado real e, ao contrário de uma pesquisa no plano pictórico exclusivo, uma penetração audaciosa e palpitante na essência vital do objeto plástico tematicamente formulado.

 

Crítica Escrita Pelo Editor de Arte Rui Alves Luis

Notamos a qualidade do trabalho de um artista quando este nos transmite, através de sua obra, a sensação positiva de mudança no nosso modo de enxergar o mundo e a realidade. Esta transformação, objetivo mais sublime da arte, é sempre provocada pelas paisagens de Gariglio.

Mas isto não é por acaso. Descendente direto de uma escola de pintura paisagística iniciada pelas Missões Estrangeiras no Brasil no século dezenove, cujo maior expoente foi o alemão Georg Grimm, de quem os ensinamentos foram repassados para outras gerações, influenciando decisivamente nas obras de pintores como Batista da Costa, Edgar Walter e Alberto Braga, Gariglio aprendeu a traduzir a natureza com a interpretação emotiva de quem se sente inspirado pela sua beleza.

Quem conhece o engenheiro Baptista Gariglio Filho, talvez não se dê conta da sua paixão pela natureza e pelas paisagens das Minas Gerais, que nos leva a reverenciar em suas telas e aquarelas, não a reprodução meramente copiada e retratada dos motivos, mas a expressão de um sentimento que nos convida a participar de seus riachos e montanhas, do seu aspecto claro e banhado de intrigante luz e da sensação fresca das atmosferas de suas manhãs.

Esta capacidade inequívoca de Gariglio tem a ver com dois aspectos fundamentais de sua obra: a preocupação ecológica, dada a necessidade da preservação da natureza, na qual o artista deve estar engajado e a atividade - praticamente esquecida pelos paisagistas de hoje - de pintar junto ao motivo, pois somente "in loco" é possível haver uma interação holística artista-natureza, com a imersão do artista nos elementos fundamentais da paisagem (ensinamento principal do mestre Grimm).

Voltar ao Início Back to top


 
  REVIEWS

EDMAR ARAÚJO  WROTE:

The paintings of Gariglio show us a deep feeling to the nature and an intuitive comprehension about composition. A lot of times he joins these two elements in an unique entirety; it is when the theme, with naturality, fits in the composition, without letting, however, of expressing the plastic idea.

His colors are made of careful tonality; they are colors that balance themselves and acquire expression by the mode how they are mixed. The depths and the proximities present pictoric values that compensate by the warm and by the coldness, by the sobriety and by the transparency.

His drawing is the immediate expression of his world: precise and fast lines, some times firm and strong lines, some times soft and light lines, reflecting his disposition of that moment.

It is in these lyrics moments of the watercolors that we can find the most powerful affirmation of the art of Gariglio.

In his predilection for landscapes, which pass from the horizon to the first plane, the artist synthesized and treated with water all the plastic fragrance of a definitive piece of art.

His artistic personality kept conscient of itself and out of the current fashionisms, in seductive landscapes. The right color, a sense of form, a meticulous careful in the choice of the real motive and, in contrary to a search in exclusive pictoric plane, a daring and exciting penetration in the vital essence of the artistic object.
 
 
 

RUI ALVES LUIS (BOOK ART EDITOR) WROTE:

We can see the quality of the work of an artist when he transmits us a positive sensation of changing in our mode of see the world and the reality. This transformation, sublime objective of art, is always provocated by the landscapes of Gariglio.

But it isn't by chance. Direct descendent of a landscape painting school started by the Foreign Missions in Brazil, in 19th century, of which the great exponent was the German Georg Grimm, whose the teachings were passed to other generations, influencing the work of painters such as Batista da Costa, Edgar Walter and Alberto Braga, Gariglio learned to translate the nature with the emotive interpretation of whom feels the inspiration of its beauty.

Who knows the Engineer Baptista Gariglio Filho, maybe can't see his passion to the nature and the landscapes of Minas Gerais (state of Brazil), that it carries us to do reverence to his oil on canvas and watercolors. Not the simply copied reproduction of the motives, but the expression of a feeling that invite us to participate of its streams and mountains, of its clear aspect and involved of intriguing light and the fresh sensation of the atmospheres of its mornings.

This unequivocated capacity of Gariglio is associated to two fundamentals aspects of his work: the environmental concerning, due to the necessity of the nature preservation, in which the artist must be involved, and the activity - almost forgot by the current landscape painters - of painting in "plein air", because only "in loco" it is possible to have a holistic interaction artist-nature, with the immersion of the artist in the main elements of the landscape.
 
 

Back to top


 

Galerias - Representative Galleries

 Voltar ao Início Back to top
 

 

Referências - References

Artista catalogado no Dicionário - Catálogo de Artes Plásticas Brasil, de Júlio Louzada, edições 5 (1992), 6 (1994), 8 (1996), 9 (1997), 10 (1999), 11 (2001). Artist included in The Dictionary Catalogue of Arts Brazil, by Júlio Louzada, editions 5 (1992), 6 (1994), 8 (1996), 9 (1997), 10 (1999), 11 (2001).

Livro "60 Artistas de Minas Gerais", editado em 1997 por Rui Alves Luis e pela EN Editora. Art Book "60 Artists from Minas Gerais", edited by Rui Alves Luis in 1997.

Livro e CD-ROM "Artistas dos 100 Anos de Belo Horizonte", editado em 1997 por Rui Alves Luis e pela EN Editora. Art Book and CD-ROM "Artists of The Centenary of Belo Horizonte", edited by Rui Alves Luis in 1997.

Livro "Art Book", editado em 1998 pela Erre Editora. "Art Book", edited by Erre Editora in 1998

Livros "Artebrasil", volumes 1 e 2, editados em 2000 pela Erre Editora. "Artebrasil", issues 1 and 2, edited by Erre Editora in 2000.

  Trabalhos reproduzidos nas publicações (circulação nacional): "Coleção de Pintura Domani" nº 17, 18 (nov. 2004) e 20 (abril 2005); "Coleção Domani de Belas Artes - Pintores Brasileiros" - Vol. 2; "Revista Brasil e Seus Pintores" nº 2. Artworks published in "Domani Painting Colection" num. 17,18 and 20; "Domani Fine Arts Colection - Brazilian Painters" num. 2; Brazil and Its Painters" num. 2. 

Cadastrado na Secretária Municipal de Cultura da Prefeitura de Belo Horizonte como Artista Plástico Profissional sob o número 180/98 (atendimento a Lei Municipal 5893, de 7 de maio de 1991 - obrigatoriedade de obra de arte em prédios com área bruta maior que 2.000m²). Professional artist registred by The Belo Horizonte City Hall.

 Voltar ao Início Back to top


 


  Voltar ao Início back to top

Homepage by Gariglio - Versão 10 - 15/11/2010  PÁGINA EM CONSTRUÇÃO - Unfinished Page

número de visitas desde 14/5/09  - visit number since 5-14-09

Contador de acesso
Contador de acesso